SAS Brasil seleciona projetos para expedição em Sete Barras (SP), agendada para 11 a 15 de outubro

Campanhas, Vale do Ribeira 2, Voluntários 2017

Quer pegar a estrada com a gente e ajudar a levar mais saúde, alegria e sustentabilidade para populações que vivem em locais de difícil acesso do país? Entre os dias 11 e 15 de outubro, o SAS Brasil vai realizar uma nova expedição, no município paulista de Sete Barras (no Vale do Ribeira) e você pode ser o próximo a embarcar nela!

Sete Barras é uma das cidades mais carentes do Vale do Ribeira, que é a região mais pobre do Estado de São Paulo. Você já sabe que no SAS Brasil a gente acredita que cada pessoa tem muito a contribuir por um mundo melhor. Por isso, profissionais de todas as áreas de atuação são sempre bem-vindos.

A expedição de Sete Barras, em que faremos o atendimento de pacientes triados em julho, já está com as inscrições abertas. Vale dizer que o SAS Brasil não seleciona apenas voluntários, mas ideias e projetos que podem ser aplicados durante a expedição.

Para se inscrever, acesse já o formulário  

Sobre nós. Em cinco anos, já impactamos a vida de mais de 30 mil pessoas nas cinco regiões do país. Levamos atendimento médico nas áreas de ginecologia, odontologia, oftalmologia e dermatologia e também realizamos ações de sustentabilidade e entretenimento para crianças e adultos das comunidades atendidas.

Começamos em 2013, junto ao Rally dos Sertões. Mas, desde de 2015, realizamos expedições independentes (com diferentes parcerias), planejadas com base em estudos de regiões, populações e as reais necessidades de cada comunidade escolhida.

Vem com a gente nessa viagem e descobra a sua maneira de fazer acontecer.

Leia mais:

Como é organizada a logística de uma expedição?

Como é participar de uma expedição do SAS Brasil? 

 

Anúncios

Heróis do SAS Brasil distribuem 350 “super-fórmulas” contra a verminose durante Rally dos Sertões

25º Rally dos Sertões, Como foi

É fim de tarde quando On Top Of The World começa a tocar. A música, que fala sobre a alegria de estar “no topo do mundo” e de como “esperamos para sorrir”, é a trilha sonora perfeita para entoar a expectativa de mais de 350 crianças que aguardam ansiosas os super-heróis que elas jamais imaginaram encontrar cara a cara. É hora da super-fórmula do SAS Brasil.

Após um dia inteiro de atendimentos médicos, ações de entretenimento e sustentabilidade, os voluntários deixam de lado suas funções para se transformar em heróis!

Se antes eram chamados de: “O doutor que cuidou dos dentes”. “A doutora que cuidou da vista”. “O tio que plantou árvores”. Ali, naquele momento, eles são apenas Mulher Maravilha, Wolverine, Super Homem, Batman…

SASSERTOES2017_20170820_181751.jpg

Os pais nem parecem acreditar que aquela eufórica fila formada por meninos e meninas de todas as idades seja mesmo para tomar um remédio contra a verminose. Para os pequenos, porém, o remédio é na verdade uma super-fórmula, capaz de deixá-los mais fortes e saudáveis, como os heróis que eles admiram.

Assim, misturando a fantasia com a realidade, o SAS Brasil atingiu a marca de 350 crianças vermifugadas com albendazol em todas as cidades e aldeias atendidas durante a quinta expedição realizada durante o Rally dos Sertões. 

SASSERTOES2017_20170820_183359

Quinto ano. Desde 2013, o SAS Brasil é o braço social do Rally e leva atendimento médico e ações de entretenimento para as comunidades carentes e isoladas que ficam na rota das provas. Em 2017, entre os dias 18 e 26 de agosto,  nossa caravana com 42 voluntários (a maior já realizada) passou pelas cidades de Alto Garças (MT), Aquidauana (MS) e Santa Terezinha de Goiás (GO).

Quer ajudar o SAS Brasil a ir ainda mais longe? Nossa campanha de financiamento coletivo no Catarse já está no ar e aguarda você.

Voluntários 2017: investidor Ricardo F Marques quer despertar jovens empreendedores durante expedição do SAS Brasil

25º Rally dos Sertões, Voluntários 2017

“Há muitas boas ideias espalhadas por aí, o que falta é alguém mostrar que elas são viáveis”, avalia o investidor Ricardo Franco Marques. Entre os dias 18 e 26 de agosto, durante a quinta expedição do SAS Brasil no Rally dos Sertões, ele terá a missão de despertar a veia empreendedora nos jovens das três cidades que serão atendidas pela nossa equipe de voluntários – Santa Terezinha de Goiás, Alto Garças (MS) e Aquidauana (MT).

Ricardo F Marques.jpeg 1Experiência não faltará. Desde muito cedo, Ricardo sonhava em abrir sua própria empresa no Brasil. Em 2003, decidiu inovar em algum campo na comunicação digital do país. Optou por criar uma solução de entretenimento para ambientes de espera forçada e fundou a Elemídia, uma empresa de telas com conteúdo em tempo real dentro de elevadores. Sim! Aquelas que hoje estão espalhadas mundo afora.

O sucesso foi tanto que rapidamente a empresa se transformou em uma das maiores no setor de mídia digital out of home da América Latina, vendida para o grupo Abril em 2012. Desde então, Ricardo começou a investir em empresas de tecnologia nos setores de saúde, educação e mídia. Ao todo, 25 start-up já receberam seus investimentos.  

Mas ele não parou por aí. O também publicitário e investidor social, que hoje é sócio da ROIx, maior plataforma de Big Data da América Latina, agora aposta em uma aceleradora de projetos, a Me Acelera, para incentivar ideias de comunidades carentes e sem infraestrutura. 

A parceria e a vontade de embarcar com o SAS Brasil surgiu, como ele conta, por uma escolha pessoal de priorizar se envolver com projetos e atividades que tenham uma causa social. “A princípio, queria apoiar os pilotos, mas quando descobri esse braço social do Rally dos Sertões, senti que seria mais útil”, revela.

Com as palestras sobre sua trajetória e carreira profissional, ele espera motivar os jovens a criarem novos projetos e, sendo bons, apresentá-los a vários investidores.  “A resposta é espontânea, pois qualquer um que tiver uma boa ideia saberá que eu posso investir, que sua ideia pode sair do papel”, encerra.

Você também pode inscrever seu projeto nas áreas de saúde, alegria e sustentabilidade; se a proposta for aprovada, você poderá participar em uma das nossas expedições como voluntário.

Quinto ano. Desde 2013, o SAS Brasil é o braço social do Rally e leva atendimento médico e ações de entretenimento para as comunidades carentes e isoladas que ficam na rota das provas. Em 2017, entre os dias 18 e 26 de agosto,  nossa caravana com 45 voluntários (a maior já realizada) passará pelas cidades de Alto Garças (MT), Aquidauana (MS) e Santa Terezinha de Goiás (GO). A expectativa é impactar mais de 3 mil pessoas.

Quer ajudar o SAS Brasil a ir ainda mais longe? Nossa campanha de financiamento coletivo no Catarse já está no ar e aguarda você.

Mariana Farah: advogada que largou carreira corporativa para ser voluntária no Oriente Médio se soma ao SAS Brasil

25º Rally dos Sertões, Como foi, Voluntários 2017

“Independente do tipo de ação que você faz em um trabalho voluntário, a maior necessidade do outro é sempre o afeto”, afirma a advogada Mariana Farah, nova voluntária do SAS Brasil.

Há pouco mais de um ano e meio, ela deixou sua carreira de dez anos em direito tributário e as pressões e cobranças do mundo corporativo para ser voluntária de vários projetos no Oriente Médio e no interior do Brasil.

“Ganhava bem. Era reconhecida. Mas, o desgaste pessoal era muito pesado. De um dia para o outro, percebi que não me encaixava ali”, relembra. Foi quando ela decidiu largar tudo e ir atrás das origens árabe e judaica de seus familiares.

Em seis meses, Mariana passou por países como Israel, Palestina e Jordânia e aproveitou para trabalhar com instituições de ajuda a refugiados. “Comecei a perceber o propósito da vida e a querer retribuir ao mundo os privilégios que recebi”, conta.

De volta ao Brasil, ela não parou. Foi voluntária em várias organizações, como a TETO, projeto que constrói casas emergenciais para comunidades carentes. Agora ela se prepara para o novo desafio: participar entre os dias 18 e 26 de agosto da maior expedição do SAS Brasil no Rally dos Sertões.

mariana farah

 

“Conheci o SAS há dois anos. Sempre me interessei pelo fato de a equipe levar, além do atendimento médico, ações de alegria, que levam afeto às pessoas”, revela. Por onde passou, Mariana conta que muitos adultos e crianças em situação de vulnerabilidade só queriam conversar e abraçar.

“Estar perto, muitas vezes, é o melhor que você tem a oferecer a essas pessoas”, avalia Mariana Farah.  

“Existe tanta gente diferente no mundo que a gente precisa conhecer”, conclui ao falar sobre a expectativa de estar entre os mais de 40 voluntários que estimam impactar até três mil pessoas durante os dez dias de Rally.

Voluntários Sertões 2017. O Blog do SAS Brasil continua hoje a série de publicações que conta um pouco das histórias da equipe de voluntários que nos ajudará a levar saúde e alegria às comunidades que ficam na rota do Rally dos Sertões! Não conseguiu ir com a gente, mas quer ajudar? Fique ligado! Em breve lançaremos nossa campanha de financiamento coletivo no Catarse.

mariana farah teto